terça-feira, 18 de novembro de 2008

Podcas - Futebol de Mesa - Edição 15

Está no ar mais uma edição do Futebol de Mesa, o podcast do Comancheiro Futebol Chope!

Para ouvir o podcast desta semana, clique aqui para baixar o MP3 ou ouça online no player aí ao lado.
Clique aqui para assinar esse podcast e ouvir edições anteriores.

Na edição de hoje, eu (Leonardo Botti), Abimael Forquilla e Gabriel Foots falamos da 35a rodada do Campeonato Brasileiro, que parece ter definido Grêmio e São Paulo na briga pelo título.

Tem o Bima falando do verdadeiro futebol moleque, Foots dando dicas de como superar um momento difícil numa manhã chuvosa de segunda-feira, a realização do sonho de Caio Jr., Felipão como Embaixador de Goiás, o momento de iluminação de Ruy Cabeção, a finalidade estética da Lusa no Campeonato Brasileiro, a possível unificação do Paulistão e do Campeonato Nacional, a lição de administração sustentável de Lúcio Flávio para os dirigentes do Botafogo, o talento secreto de Abimael, a relação do futebol com o tempo e o bom uso da palavra "procedimento".

No momento musical desta edição, o hino do grande Íbis Sport Club em sua versão original. Sério, é a original. Eu gostei.

No Minuto-Torcedor, temos a participação do corintiano campeão Rogério Roma, do quase-campeão são-paulino Fransmar Costa Lima e a estréia do santista Edison Silvestre.

Seja bem-vindo!

**********

Mais informações sobre alguns temas deste podcast:

1) Vídeo com os gols/melhores momentos da partida entre Amigos do Ronaldo vs. Amigos do Zidane



2) Mais informações sobre o Hino do Íbis Sport Club aqui.

3 comentários:

Gaudério Ventura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gaudério Ventura disse...

Pelo amor de Deus, Leonardo, pelo amor de Deus...

Sai com esse quase-campeão pra lá! Isso mais parece uruca, e das bravas, de palmeirense.

Até porque o jogo contra o Vasco, em São Januário, vai ser uma pedreira lazarenta (E lá vou eu, novamente, pra frente da televisão, sofrer como cão de bêbado por intermináveis noventa e tantos minutos...).

Já o Grêmio deve enfrentar um time assaz empolgado para que o jogo termine logo e eles possam dirigir-se a qualquer rua apertada da cidade para pular algum carnaval de época.

Portanto, é com calma que se deve ir.

O São Paulo pode chegar, sim, ao título. Mas, por cautela e prudência, da minha parte, já fiz uma promessa pra isso (como vou pagar nem imagino, porque envolve joelhos e aquela coisa toda), pois o andor nunca foi tão de barro.

Marcos Lucio

Edison disse...

Foots, putz, amolece esse coração, meu! Quando eu disse que o gol do Quinhonez teve as bençãos de Iemanjá vc disse que santista sempre apela pra alguma crença, como se vc nunca tivesse rezado para São Marcos...KKKK. Deixe de ser Pirrônico...

Abraços a todos
Edison Silvestre - O santista