quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Últimas olímpicas


Ronaldinho Gaúcho voltou a sorrir. Foi o que Dunga disse. Mas não tem muitos motivos pra isso não. Além de perder a semifinal olímpica para a Argentina e ter que se contentar com o bronze, ainda levou um não de uma sueca.

Johanna Almgren (foto acima), meio-campista da seleção feminina da Suécia, estava hospedada no mesmo hotel da seleção brasileira e certo dia ficou no hall do hotel para pegar autógrafos. Em entrevista ao jornal sueco Bordas, ela disse: "Ronaldinho ignorou todos os chineses e veio direto em minha direção, pegou minha mão e a beijou. Eu quase desmaiei". Depois do encontro, Almgren recebeu um telefonema de um "representante" de Ronaldinho convidando-a para ir ao quarto do ex-craque. Lá, ao lado de outras suecas, depois de muita linguagem de sinais, recebeu um pedido de casamento. Ela respondeu com um "não" e foi embora.

******

Para encerrar o papo olímpico, o grande Alborghetti resumiu o que todo brasileiro quer falar sobre nossa participação nas Olimpíadas. Só para situá-lo, eu sei que é maldade, mas no início do vídeo ele está falando de Diego Hipólito.



Comentário de Abimael Forquilla: "Todo mundo pegando todo mundo em Pequim e o Ronaldinho querendo casamento... Pelo visto, não é só pra fazer xixi que ele é meio devagar, né? Esse é do tipo que se apaixona em suruba!"

2 comentários:

Gabriel Foots disse...

Toooooco!!!

felipe lessa disse...

hahahaha genial!
Mas fora o pedir para casar... hahaha... poutz grilo! RONALDINHO MANDOU BEM. MESMO QUE NAO TENHA LEVADO PRA CASA. que sueca GOSTOSA!